Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘@juliagil’

MUDAMOS!

BlahFellings agora está aqui

blah

Read Full Post »

cl_16013

Estou passando por um processo de reciclagem.

Joguei fora as mágoas antigas, revi meus princípios e objetivos de vida. Valorizei o que realmente era merecido e me coloquei no devido lugar.Além disso, arrumei os armários de casa (dizem que bagunça dá atraso de vida), arranjei em um novo emprego e comecei uma desintoxicação alimentar!

Após atingir o ápice do sobrepeso, decidi, com o incentivo e apoio de uma querida  ex tia/sempre amiga Mafê Bastos, dar o pontapé inicial nessa empreitada alimentar. Juntas, geramos o #prontoperdi: um espaço para dividir vitórias, angústias, dicas, neuras e tudo mais que vier na telha de quem está passando por um processo de perda de peso.

Não é fácil. O estômago e o cérebro estão intimamente ligados, fazendo o processo se tornar ainda mais enlouquecedor. Como pode um chocolate ter o poder de apaziguar feras e transformar mal humor em felicidade? Entre essas e outras barreiras, traçamos nossos objetivos e estamos prontas para alcançá-lo!

Apareçam por lá!

#prontoincentivei

Read Full Post »

Da lama ao caos

Eu estou numa fase engraçada da vida. Desempregada, no último semestre da faculdade, com apenas uma noite de aula por semana. Acho que muita gente, se estivesse na minha posição, aproveitaria esse tempo para colocar as coisas no lugar. Mas confesso que tá difícil me concentrar pra realizar algumas coisas com essa calmaria toda.

Estou acostumada a fazer mil coisas simultaneamente e meus dias sempre foram regidos por um ritmo frenético. Não havia sobra de tempo, e eu praguejava por isso. Hoje, olho no relógio e o tempo não passa.

Devia agradecer aos céus que finalmente tenho tempo para colocar a vida em ordem, arrumar os armários, se livrar das coisas que já não preciso mais, repensar meus objetivos, aproveitar a brecha e escrever minha monografia. Muitas coisas já fiz, outras simplesmente não vão pra frente.

Sinto falta de sair de casa. Ir para um outro lugar, sentar a bunda na cadeira, trabalhando até a noite chegar e, junto com ela, o desejo de voltar pra casa.

É como se todos estivessem embarcando em um trem e eu, diariamente, o vejo partir sem conseguir subir a bordo.  Sou uma caos addicted que, neste exato momento, está passando por uma rehab das brabas, se é que cabe aqui esta metáfora.

Tudo que espero é sobreviver, e dela sair uma pessoa melhor!

Read Full Post »