Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘educação’

O dia das mães está chegando e, com ele,  as atividades de integração da escolinha do Fernando.

Quando eu estava na escola (para não dizer o pesado “no meu tempo”) as crianças faziam umas lembrancinhas bem chumbregas nas aulas de artes como: cinzeiro de argila, porta lápis de palito de sorvete e desenhos no papel de lixa.

Eu, por exemplo, sempre ficava aflita nesta época.

Morava com minha mãe na casa da minha avó e sentia que era injusto não homenagear aquela que tomava conta de mim todas as tardes do ano. E os meus presentinhos acabavam sempre mofando em alguma prateleira escondida da estante de madeira na sala.

Fernando e Dalgi, sua professora, em momento "iupi!!"

Fernando e Dalgi, sua professora, em momento "iupi!!"

Com o passar dos anos muitas escolas adotaram uma postura mais acolhedora nestas comemorações, com o intuito de integrar pais e familiares com o ambiente no qual os filhos passam a maior parte do tempo.

Hoje, pais e família são convidados e estimulados a participar mais ativamente dessas comemorações. Mães ajudam os filhos na  confecção de suas próprias lembranças. A criança faz sua “obra prima” lado a lado com os entes queridos.

A cara de satisfação dos pequenos é impagável.

Poder estar ali, realizando uma atividade na escola junto com os pais e ao mesmo tempos com os amiguinhos de sala é algo que, na idade do Fê, é meio surreal.

Ele fica doidinho: corre para um lado, chama o amigo para mostrar que eu sou a mãe dele, depois me puxa pra dentro de uma sala para mostrar onde ele guarda os brinquedos e explica o porquê de cada um estar guardado de determinado jeito, me mostra onde fica o banheiro com privada pequeninha, dá tchau para a faxineira, me leva até ela e a abraça junto comigo.

Fico muito feliz que, hoje em dia, as comemorações sejam dessa maneira. Os presentinhos quebram, se perdem pelo tempo. Mas os momentos vividos nestes dias ficam gravados para sempre em nossas memórias.

Fernando mostra, para avó de amigo, o jogo da galinha dos ovos de ouro, confeccionado pela sala dele.

Fernando mostra, para avó de amigo, o jogo da galinha dos ovos de ouro, confeccionado pela sala dele.

Read Full Post »

Elise Tan Roberts tem dois anos, é inglesa e adora brincar com bonecas. O único detalhe que a faz tão diferente de outras crianças de sua idade é que seu Q.I é de “apenas” 156, quatro pontos abaixo do Albert Einstein.

A pequena Elise e sua mãe, Louise.

A pequena Elise e sua mãe, Louise.

A mãe reconhece que não tem nada a ver com a genialidade da menina, que adora aprender coisas novas.

Algumas proezas que a pequena inglesa realiza no auge dos seus 2 anos e 4 meses:

  • Soletra tanto seu nome quanto todo o alfabeto;
  • Conta até 10 em espanhol;
  • Lê algumas palavras como “papai” e mamãe”;
  • Realiza operações matemáticas simples;
  • Identifica diversas formas geométricas (sabe identificar um triângulo equilátero, um hexágono e um retângulo)
  • Cita o nome de 35 capitais mundiais, como Moscou e Jacarta.

Quem sabe o que aguarda o futuro de uma mente tão brilhante como a dessa garotinha?

Fonte: Daily Mail

Read Full Post »